Vendo ‘Enrolandos’ da Disney

Eu e o João vimos Enrolados da Disney na semana passada. Apesar do filme estar arrebentando nas bilheterias, há sempre o temor de que a Disney tempere seus filmes estrelados por heroínas com kitschs “princesismos”, mas o Enrolados tem a mão firme do CEO da Pixar, John Lasseter, guiando a produção.

Com Lasseter no comando, é garantido que tenhamos a aventura radical e o humor físico necessários à testosterona dos garotos, assim também como o romantismo e a beleza necessários à sensibilidade das meninas.

Para quem acompanha com atenção a produção de Pixar e Disney em paralelo, é fácil notar como Lasseter reforçou e modernizou os valores da Disney — tradição caramelizada com “Encanto e Magia” — sem fazê-la competir com a Pixar, que se mantém inovadora, moderna e desafiadora em seus projetos.

O filme é bom, uma clara evolução de Chicken Little e a Família do Futuro, filmes em que a Disney parecia mais “encantada” com a recém adotada animação 100% digital do que comprometida com um roteiro conciso e inteligente.

Há até uma pequena subversão a la Dreamworks: o modelo do Príncipe Encantado da versão clássica de Rapunzel é transformado em um malandrinho com consciência.

Se você for ver no Cinema, veja em 3D. A cena das lanternas abaixo, vista em três dimensões, é uma das mais belas que eu vi em filmes de animação nos últimos tempos.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s